TEATROTERAPIA

Curso de Oratória e Teatro para Adultos Inibidos


Deixe um comentário

Prepara-se para os improvisos da vida. Enfrente conosco seus medos de exposição exercitando a coragem e humor.

inscricoes

Como vai sua forma física?

dicas-para-manter-a-forma-fc3adsica-e-mental-no-trabalho-01

Se alguém lhe disser que você esta muito magro ou gordo logo logo você vai procurar uma academia para tentar resolver esta questão procurando um treinamento regular que trabalhe seu corpo para que fique mais ágil, forte e flexível. Colocar esta necessidade em prática – bem, isso é uma historia bem mais difícil de ser executada. Depois das primeiras idas à academia pode surgir um entusiasmo diminuído e desculpas para se ausentar….e alguns acabam abandonando dominados pelos pensamentos automáticos e desmotivadores. E, se a pergunta inicial tivesse sido: Como vai sua forma mental? Como vai sua ansiedade e medo?Você iria procurar um auxílio ou iria pensar “sou mesmo assim, sempre fui medroso e ansioso”. Mas caso você opte procurar por um terapeuta e/ou até mesmo atividades como esta do “Teatroterapia”, por quanto tempo você ficaria nas atividades, e lá pelas tantas seria dominado pelos mesmos pensamentos defensivos, automáticos e depreciativos?

Pois então, as atividades realizadas nas aulas do “Teatroterapia” propõem armar você com as ferramentas mentais necessárias para manter-se trabalhando na redução da ansiedade e reconhecer os benefícios da saúde emocional no cotidiano.

Comunicar-se bem numa entrevista de emprego, em público e até entre os amigos é importante, não deixe escapar oportunidades que muitas vezes batem só uma vez à nossa porta. Melhore sua comunicação!

E, alguns podem considerar previamente o Curso um tanto banal, pouco sério para o papel social que exercem no dia-a-dia…. entretanto será que vale a pena ser ferramenta de um único papel social no cotidiano, sendo que somos múltiplos e a nossa criança interna nos capacita realizar tantos outros? É salutar nos permitir brincar!

Você tem se achado inadequado (a), esquisito (a) e ansioso (a) devido a sua timidez?

Trabalhe sua criatividade nas atividades do “Teatroterapia” e provavelmente perceberá que a sua timidez é apenas um aspecto de sua realidade e não o seu todo e que dá muito bem para enfrentá-la.

Você esta fazendo alguma faculdade ou pós e se sente inibido(a) nos seminários? Venha então trabalhar sua espontaneidade e humor em jogos de improviso e oratória para futuramente organizar melhor suas ideias durante as apresentações acadêmicas com menos dificuldades e temores. O humor não muda a vida,entretanto a deixa mais agradável e amável.

E você que é um Executivo, esta tendo problemas com seu temperamento retraído, tímido no trabalho? Dificuldade de se impor na sua função de chefe, funcionário e colega? Venha exercitar sua personalidade criando um leque maior de personagens em sua vida e assim você possivelmente ganharia mais confiança pessoal.

Você pode até considerar as aulas de Oratória, aqui ministradas, fora do propósito de sua carreira profissional, posso lhe afirmar, este raciocínio é um engano! A proposta inicial de desinibição nas primeiras aulas possibilita ao participante um ajustamento e afinação do humor e espontaneidade tão indispensáveis numa boa Oratória. Teatro e Oratória é uma boa combinação vistos por este prisma: os dois unidos em prol de se trabalhar a naturalidade imprescindível a uma apresentação pública. Sejamos nós mesmos, este é o lema! As atividades lúdicas do teatro propiciam espontaneidade à formalidade de uma apresentação pública.

As atividades do “Oratória e Teatro para Adultos Inibidos” não são teóricas, é o participante quem realiza a atividade com sua determinação e motivação para alcançar o enfrentamento do medo e ansiedade e regulação das emoções. Arregace suas mangas e venha trabalhar sua timidez e consequentemente seu lado artístico aflorará através das atividades. Mesmo que seu interesse não seja artístico trabalhar sua sensibilidade ajuda bastante na área profissional que você se propõe atuar ou já atua. Trabalhar seu humor e suas emoções possibilita o desabrochar de sua personalidade no mundo.

sunp0006

As atividades do “TEATROTERAPIA – Oratória e Teatro para Adultos Inibidos” tem tido participantes de diversas idades e formações variadas: estudantes universitários, professores, psicólogos, advogados, médicos, adolescentes (a partir dos 18 anos) com dificuldades de comunicação, aspirantes às artes cênicas que ainda se encontram tímidos para realizar a atividade de interpretar, etc.

E se acha que estas atividades não são suficientemente sérias para você então veja o que recentemente foi notificado na mídia:

Foram divulgadas pela Web abordagens sobre novas condutas na avaliação de um candidato a cargo Executivo numa grande Empresa. Temos vivenciado mudanças de valores comportamentais e vemos reflexos nesta área. Um candidato a emprego tem sido avaliado não tanto pelo seu poderoso currículo e seu QI e sim pela sua inteligência emocional e capacidade de interagir com o mundo que o cerca. Um candidato, por exemplo, na Europa, se surpreendeu recentemente ao ser requisitado para improvisar uma dança diante de seu avaliador. O que a Empresa desejava avaliar em seu candidato é a sua habilidade em resolver questões de maneira descontraída, espontânea ,firme e provavelmente a auto regulação de suas emoções. Os jogos de improviso podem contribuir para que os alunos obtenham esta habilidade.

Devemos procurar aprimorar nosso entendimento do que seja expressar bem nossas emoções, no cotidiano por questões de etiqueta social muitas vezes as dissimulamos e a carência de exercita-las de fato é que nos deixa bastante frustrados. Levar-nos extremamente a sério também nos dificulta socialmente. A melhor saída então é nos afinarmos trabalhando a estabilidade do humor e procurando ser mais inteligentes emocionalmente. E como? Todos nós temos um potencial artístico que deveríamos pelo menos um pouco exercitar para dar chances ao nosso inconsciente de expressar –se. Poucos de nós fazemos isto porque temos um conceito prévio de que arte é algo supérfluo e somente alguns a fazem.

sunp00121

A timidez pode ser enfrentada. E deve!

A pessoa acanhada tem dificuldade de relacionar-se com os outros: duvida de si mesmo, receia ser mal sucedido e sente-se incapaz de enfrentar a ansiedade e medo diante de uma situação pública. Cresce na vida e torna-se adulto sem construir de fato momentos bons. Ao contrário, fica na maioria das vezes em casa, sempre com desculpas dramáticas para não sair, para crescer como pessoa. Não é difícil reconhecer uma pessoa inibida: fala baixo, gagueja, anda pelos cantos, senta-se sozinha, ruboriza-se facilmente, olhar cabisbaixo ou distante. A inibição afasta os amigos, e normalmente os tímidos são considerados antipáticos ou anti sociais, o que não é verdade.

Transforme-se numa pessoa mais guerreira!Você tem contribuição ativa neste processo.Reaja!

i16067

Comece a olhar para você. Por exemplo: ria um pouco do seu jeito. Rir de nós mesmos é um sinal de sanidade.Também devemos evitar encarar os outros como maiorais, os melhores, os mais interessantes, os mais inteligentes. E suas virtudes?

Faça conosco os jogos de improviso, eles facilitarão em você este olhar, esta possibilidade de rir de si com mais leveza, naturalidade e confiança.

Encare esta aventura conosco!

???????????????????

O que acontece nas aulas?

As atividades nas aulas são para desenvolver uma melhor comunicação pessoal em seus participantes, acima dos 18 anos, e também o enfrentamento da ansiedade e medo ao falar em público, estas atividades também podem ajudar pessoas que desejam ser atores e se acham ainda inibidas para atuar.

A expressão oral utilizada em nosso curso não treina o participante à uma Oratória convencional, isto é, não atende aos profissionais que têm o principal intuito de se expressarem oralmente dentro do padrão formal estabelecido, ao contrário, as nossas aulas de Oratória atende aos participantes que desejam absorver a técnica da expressão verbal e adequá-la ao seu jeito, à sua personalidade, objetivando a espontaneidade.

i35569

Você exercita ao longo das atividades:


1. Jogos de improviso
2. Improvisação com temas propostos pelos participantes
3. Expressão Corporal
4. Construção de personagem
5. Monólogos e construção de cenas de textos teatrais em vários gêneros
6. Dança
7. Dicção (exercícios de voz para palestrantes)
7.1 – Projeção da voz
8. Jogos de improviso com bonecos de fantoches (oportunidade para o aluno exercitar a expressão de sua voz)
9. Uso adequado do microfone em apresentações em sala de aula.
10. Abordagens sobre Técnicas de Memorização
11. Oratória – Exercício de apresentação de um tema (introdução, desenvolvimento e conclusão)
11.1 -Língua Portuguesa: erros gramaticais recorrentes em apresentação pública.
11.2 – Ações da fala: quando o dizer é fazer
11.3 – Técnica para Leitura em público
11.4 – Marketing Pessoal
12. O humor, como instrumento de uma boa comunicação.
13. Fortalecimento da auto estima e auto eficácia
14. Exposição de um ponto de vista e conscientização do conflito de interesses.
15. Exercício da força do olhar para atingir uma expressão desejada.
16. Avaliação de desempenho a cada encontro a partir de fundamentos teóricos da Terapia cognitivo-comportamental,isto é, avaliação dos pensamentos, emoções e comportamentos recorrentes oriundos do medo e da ansiedade ao falar em público.
17. Atestado (quando requisitado pelo participante)

* Observação: Durante o curso trabalha-se Dicção ( modo em que uma pessoa articula e pronuncia as palavras de uma língua.) Não se trabalha Canto (série de sons melodiosos emitidos pela voz humana.) Ainda assim, como preparação para o jogo do musical pratica-se a Escala Maior para se tomar uma conscientização básica dos tons musicais.

i35575

i16945

rodape2023

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 154 outros seguidores